Caps Colméia apresenta evolução na saúde mental de Ijuí para equipe de Trento

O Centro de Atenção Psicossocial (Caps Colméia), recebeu na manhã desta segunda-feira, 5, uma equipe de saúde mental da cidade de Trento, na Itália.

O grupo, composto pelo diretor do Serviço de Saúde Mental e coordenador do Departamento de Psiquiatria da Província de Trento, Renzo de Stefani, coordenador da Associação A Panchina para área formativa internacional e do UFE - grupo de usuários e familiares espertos, Roberto Cune e pela Psiquiatra do Serviço de Saúde Mental, Valéria Franzoi, já havia visitado a unidade em 2006. Conforme a coordenadora do Caps, Jussara Garay, na época, a equipe ministrou curso para os servidores do Centro, sendo que, desta vez, passando pela região para ministrar o mesmo na cidade de Santa Rosa, a coordenação considerou extremamente importante mostrar a evolução do trabalho de saúde mental em Ijuí. “A intenção da equipe do Caps, é fazer a retrospectiva para demonstrar o pioneirismo no município, que começou antes da reforma psiquiátrica no Brasil, nos moldes da saúde psiquiátrica da Itália”, enfatiza Jussara.

Além da equipe técnica e coordenação da unidade, estiveram presentes o prefeito Fioravante Ballin, secretário de Governo e Articulação Institucional, Josias Pinheiro, coordenadora de Saúde Alexandra Lentz e representantes da 17ª Coordenadoria Regional da Saúde, Assami, Casa Ama e Caps 1.

Foram apresentados aos visitantes italianos, todo o trabalho realizado pelo Caps Colméia, como oficinas de música, artesanato, pintura em tela, os atendimentos e os grupos de tratamento e socialização. Houve também, apresentações artísticas do coral “Em Canto”.

Para o prefeito Ballin, o momento é muito importante para o município, de forma que todos percebam a evolução do serviço. “É muito bom ver todos aqueles que trabalham a serviço da vida e o quanto é relevante para Ijuí e região, nos amarmos e sermos amigos através da ajuda mútua. Da mesma forma, ver a equipe de Trento voltar ao município”, diz Ballin.

“Nós somos muito agradecidos por este acolhimento e nos sentimos verdadeiramente em casa por esse reconhecimento”, destacou Stefani.

Na oportunidade, o prefeito entregou aos visitantes, os certificados com os decretos municipais de número 4.644, 4.645. 4.646, considerando-os hóspedes oficiais, durante a permanência na cidade. Da mesma forma, entregaram ao prefeito e a equipe do Caps, material informativo sobre a saúde mental daquela cidade.

Para Jussara, quando o profissional tem dentro de si o desejo do cuidado as fronteiras e a distância não existe. “Isto que faz esta unidade com a cidade de Trento. Os grandes homenageados hoje, são os nossos usuários, que após acompanhamento, vivem normalmente com a família e na sociedade”, afirma a coordenadora. O encontro contou com a tradução da professora de língua italiana, Rosangela Tissot.

O Caps: O Caps Colméia presta atendimento clínico e ambulatorial às pessoas em sofrimento psíquico do município e tem como principal objetivo, proporcionar à comunidade atenção na área de saúde mental, estimulando a socialização do indivíduo e sofrimento psíquico, possibilitando-lhes o desenvolvimento de uma vida independente e/ou produtiva, em como do exercício pleno de sua cidadania.

Atualmente a equipe é composta por médios psiquiatras, clinico geral, enfermeira, técnicas de enfermagem, assistente social, psicólogos, terapeuta ocupacional, nutricionista, farmacêutica, auxiliares de limpeza e administrativos, estagiários e coordenação, a qual atende aproximadamente 500 pacientes.

Em agosto de 1998, o Serviço de Saúde Mental iniciou suas atividade em sede própria e passa a se constituir como Centro de Atenção Psicossocial (Caps), a partir de Portaria MS/SAS nº 224, de 29 de janeiro de 1992.

Em 2002, o Centro foi recadastrado como Caps 2, pela Portaria nº 336/GM de 19 de fevereiro de 2002  e a Portaria nº 189, de 20 de março de 2002.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Informações Adicionais